As doações serão levadas gratuitamente pela companhia para Porto Alegre a partir da normalização da operação do Aeroporto Salgado Filho - Foto: Divulgação

A LATAM anunciou nesta terça-feira (9) incrementos na malha emergencial do Rio Grande do Sul. O objetivo é manter a conectividade do estado com o restante do Brasil no segundo semestre, enquanto a operação no Aeroporto Salgado Filho não é normalizada. Essa ampliação corresponde a um crescimento de mais de 20% de voos de maio a agosto, período marcado pela operação emergencial da companhia no estado após o impacto das enchentes. A operação inclui voos da própria LATAM, bem como voos operados por sua parceira de codeshare VOEPASS. As passagens estarão disponíveis nos próximos dias no site da aérea e demais canais de venda.

Uma nova rota será inaugurada a partir de 3 de agosto entre São Paulo/Guarulhos e Pelotas, utilizando aeronaves A319, com capacidade para até 140 passageiros. Serão 4 voos por semana (considerando ida e volta) de agosto a outubro. A partir de novembro, essa rota passará a ser operada regularmente pela VOEPASS, com 8 voos semanais (considerando ida e volta) em aeronaves da frota da companhia. A partir de Guarulhos, maior centro de conexões da LATAM, os passageiros gaúchos contam com acesso a voos diretos para 50 destinos no Brasil e 24 em outros países da América do Sul, usufruindo da ampla conectividade da malha da companhia.

A operação da LATAM mantém ainda os 24 voos semanais (considerando ida e volta) nas rotas entre São Paulo (aeroportos de Congonhas e Guarulhos) e Caxias do Sul já a partir de julho. Em agosto, as rotas receberão incrementos, passando para 34 pousos e decolagens semanais.

A operação São Paulo-Canoas mantém o volume iniciado no final de junho, com 34 voos por semana entre a capital paulista e a Base Aérea da região metropolitana de Porto Alegre (considerando ida e volta) para os aeroportos de Congonhas e Guarulhos.

Pela VOEPASS, parceira de codeshare da LATAM, será operada de agosto a outubro 4 frequências semanais (considerando ida e volta) na nova rota Santa Maria-Florianópolis. A companhia também contará com 6 operações semanais (considerando ida e volta) a partir de 27 de outubro entre Santa Maria e Guarulhos.

As novas rotas operadas pela VOEPASS utilizarão aeronaves ATR-72, com capacidade para até 68 passageiros, e as passagens serão vendidas pelos canais da LATAM como parte do acordo de codeshare entre as companhias.

LEIA TAMBÉM: LATAM planeja contratar em São Paulo 55 profissionais de manutenção até dezembro de 2024