American Airlines e JetBlue

A American Airlines informou nesta quarta-feira (31) que revisou para cima sua previsão de lucro no segundo trimestre. Isso se deve aos custos mais baixos de combustível de aviação e à alta demanda de viagens.

A demanda por viagens permaneceu forte mesmo em meio às preocupações de uma recessão iminente. Nos EUA, o fim de semana do tradicional Memorial Day (data que celebra os soldados sobreviventes da guerra) superou os níveis pré-COVID de 2019 pela primeira vez.

De acordo com apuração da Reuters, a American Airlines previu lucro ajustado para o segundo trimestre na faixa de cerca de US$ 1,45 a US$ 1,65 por ação, em comparação com sua previsão anterior de cerca de US$ 1,20 a US$ 1,40 por ação.

Fonte: Valor Econômico