Foto: Divulgação

A GOL terá um novo destino na América Central a partir de novembro de 2024. San José (SJO), capital da Costa Rica, será atendida com operações próprias e sem escalas saindo de São Paulo/Guarulhos (GRU). A operação inédita entre o aeroporto internacional de São Paulo e a capital costarriquenha terá início em 12 de novembro de 2024, com partida às 13h55 e chegada às 18h25 (horário local) – três horas a menos do que o horário de Brasília. O retorno tem decolagem prevista do Aeroporto Internacional Juan Santamaría, em San José, às 20h40, com pouso na Grande São Paulo às 7h10. Serão três frequências semanais.

Mais de 120 mil turistas da América do Sul visitaram a Costa Rica em 2023, e o Brasil tem representatividade importante nesse número. A expectativa da GOL é contribuir com o fomento do turismo nos dois países e aproximar os destinos, povos e culturas. Já os mais de 5 milhões de costarriquenhos poderão visitar o Brasil com rápidas conexões para nossos maiores atrativos turísticos e culturais, como as cidades do Rio de Janeiro, Salvador, Belo Horizonte, Florianópolis, Recife, Foz do Iguaçu, Fortaleza, Belém, entre outros.

 “A GOL hoje atende 12 destinos internacionais distribuídos em todas as Américas e, com otimismo, segue fortalecendo sua presença fora do País: no fim de março, iniciamos nossas operações na Colômbia e, há pouco, anunciamos Aruba como nosso mais novo destino exclusivo no Caribe. A entrada da Costa Rica em nossa malha aérea nos enche de alegria e reitera o foco da Companhia na expansão internacional contínua. Destino inédito, San José será também exclusivo, operado com voos sem escalas a partir do Brasil unicamente pela GOL. O objetivo é aproximar cada vez mais nossos povos e contribuir para o desenvolvimento do turismo e das viagens a trabalho e a negócios em ambos os países”, afirma Rafael Araújo, diretor de Planejamento de Malha Aérea da GOL.

Para o ministro de Portos e Aeroportos, Silvio Costa Filho, “a nova rota é fundamental para criar mais conectividade com a América Latina, uma iniciativa importante para o desenvolvimento do turismo e na geração de emprego e renda”.

 “O Ministério do Turismo tem entre suas prioridades o aumento da conectividade do Brasil com o mundo. Portanto, a notícia de que teremos um voo inédito ligando o Brasil à Costa Rica significa mais uma porta de entrada para estrangeiros que desejam conhecer nosso país e certamente trará ganhos para o turismo brasileiro, como a criação de novas oportunidades de emprego e geração de renda para nossa população”, destaca o ministro do Turismo, Celso Sabino.

“O Brasil é um dos mercados emergentes de alto potencial em que almejamos entrar há alguns anos, e ter uma conexão aérea direta era uma prioridade. Graças às intensas negociações, a GOL oferecerá esse voo direto a partir de novembro. Agora temos a opção de viajar diretamente de São Paulo para a Costa Rica para desfrutar de nossas belezas naturais, vivenciar nossas tradições e, ao fazê-lo, contribuir para o progresso social de nossas comunidades turísticas”, diz William Rodríguez, ministro do Turismo da Costa Rica.

Os voos entre Guarulhos e San José serão operados em modelos Boeing 737 MAX 8, aeronave mais sustentável da frota da GOL, que em configuração internacional tem capacidade para 176 passageiros. Não é necessário visto para os viajantes brasileiros que se destinam à Costa Rica, desde que a permanência seja de até 90 dias no país. Mas é necessário apresentar o certificado internacional de febre amarela, com vacina administrada ao menos 10 dias antes da data do embarque.

LEIA TAMBÉM: GOL anuncia voos diretos de São José dos Campos para Salvador na alta temporada