Créditos Guilherme Mion

A Azul, a aérea oficial do Time Brasil nos Jogos Olímpicos de Paris 2024, já deu a largada para as decolagens dos nossos atletas rumo à capital francesa.

O evento, que marcou o embarque dos primeiros atletas brasileiros, teve como objetivo começar a aquecer a torcida no país e foi realizado em parceria com o Comitê Olímpico do Brasil (COB), com a Confederação Brasileira de Ginástica (CGB) e com a concessionária Aeroportos Brasil Viracopos, administradora do Aeroporto Internacional de Viracopos. Na ocasião, uma zona mista reuniu os ginastas da seleção brasileira de Ginástica Artística, entre eles a medalhista Flávia Saraiva, para uma conversa com dezenas de jornalistas da imprensa especializada. Também estiveram presentes e falaram com os jornalistas executivos e representantes da Azul, do COB e CBG.

Nossos atletas, que fazem parte do Time Brasil, estão animados e preparados para voarem ainda mais alto nos Jogos Olímpicos. Flávia Saraiva destacou que, como uma das embaixadoras dessa parceria, é muito emocionante estrear esse embarque rumo aos Jogos. “Eu me sinto muito realizada de fazer parte desse Time Brasil maravilhoso e feliz por ver a ginástica ser o primeiro esporte a voar com a Azul para Paris”, comemora.

Para a Azul, maior companhia em número de voos e destinos atendidos no país, mais do que o apoio direto aos atletas, o objetivo dessa parceria é ajudar a promover os Jogos Olímpicos como mais uma forma de reforçar a conexão da companhia com o Brasil e com os brasileiros, valorizando conquistas e sonhos.

Segundo Daniel Bicudo, diretor de Marketing e Negócios da Azul, que esteve presente no evento, esse patrocínio tem um significado especial. “É mais uma forma de conectarmos o Brasil e o melhor do nosso país ao mundo. Não é apenas demostrar a nossa confiança e torcida no país, com investimentos em mais voos, mais bases e mais cidades atendidas. Assim, com essa parceria, usamos também nosso modelo de negócio para promover nossas pessoas e, neste caso, nossos talentos e exemplos dos valores que acreditamos”, explica o executivo.

Para Rogério Sampaio, diretor executivo do COB, “é uma grande alegria para o COB ter uma modalidade tão emblemática como a ginástica artística inaugurando os embarques do Time Brasil para os Jogos Olímpicos de Paris pela Azul, nossa companhia aérea oficial”. “Essa parceria estratégica visa oferecer as melhores condições a nossos atletas. Ter um voo direto para Paris traz conforto e comodidade para nossa delegação. Com isso, já iniciamos nossa campanha em Paris 2024 da melhor maneira possível”.

Marco Beme, diretor de Operações do Aeroporto Internacional de Viracopos, completa: “É uma satisfação ter a equipe de ginástica brasileira embarcando por Viracopos para os Jogos Olímpicos. Em nome da comunidade aeroportuária, desejo sucesso e boa sorte à equipe que representará o Brasil na mais importante competição esportiva do mundo”.

Azul e Paris: o “aquecimento” para os Jogos que já completou um ano

A aérea patrocinadora oficial do Time Brasil nos Jogos Olímpicos de Paris 2024 já conhece bem a sede da competição. E por isso entra de cabeça erguida nessa parceria com o COB e pronta para, neste ano, marcar mais pontos com seus Clientes – especialmente os fãs de esporte.

Desde abril de 2023, a Azul opera voos regulares para uma das cidades mais visitadas da Europa. Com sete frequências semanais atualmente, os voos partem do Aeroporto Internacional de Viracopos, em Campinas (SP), às 17h50, com chegada, sem escalas, ao Aeroporto de Orly às 10h20.  No sentido inverso, o voo parte de Orly às 12h50, chegando em Campinas às 19h50. Vale destacar que, neste aeroporto de VCP, a companhia já opera seu maior hub, atendendo aproximadamente 70 cidades, incluindo destinos nacionais e internacionais.

Mais uma ação em comemoração à união da Azul com o COB fará os Clientes dos voos Viracopos-Orly entrarem no clima do evento de uma maneira diferente. Durante três meses, desde junho a agosto, a companhia retomou a parceria com o famoso chef Claude Troisgros, que assina, com exclusividade, o menu a bordo do almoço e jantar das classes Business e Economy, como fez em 2023, para a inauguração da rota da Azul Brasil-Paris.

Com um cardápio que valoriza ingredientes brasileiros e é preparado com técnicas clássicas da culinária francesa, Claude, francês radicado no Brasil, neto e filho de cozinheiros, se junta a Azul para aproximar, também pelo paladar, os fãs de esporte e Clientes com os anfitriões franceses.

O Aeroporto de Paris-Orly é o segundo maior da França, com mais de 30 milhões de passageiros por ano, e o mais próximo da região central da cidade, localizado a menos de 20km ao sul de Paris. Pela sua proximidade com o centro, é o aeroporto mais indicado para brasileiros que desejam não apenas acompanhar as competições deste ano, mas explorar a história e as belezas da “cidade das luzes” e arredores. Orly é servido por trens com conexão no metrô, além de ônibus do transporte público, táxi, transfer e aplicativos de mobilidade urbana.

Créditos: Guilherme Mion