Saguão do Aeroporto de Brasília - Foto: Divulgação

O Brasil tem dois aeroportos entre os 10 melhores do mundo em 2024. É o que revela o ranking internacional AirHelp Score, divulgado nesta terça-feira (9). Despontam na lista os aeroportos internacionais de Brasília, no Distrito Federal, em quinto lugar, e o de Belém, no Pará, na nona posição. O Aeroporto de Hamad, no Catar, figura na primeira colocação, seguido do Aeroporto da Cidade do Cabo, na África do Sul, em segundo lugar, e do Aeroporto Chubu Centrair, no Japão, na terceira posição.

Nesta edição foram listados 239 aeroportos avaliados por 17,5 mil usuários de 64 países. O levantamento analisou dados de 1º de maio de 2023 a 30 de abril de 2024 em três categorias, sendo elas pontualidade dos voos, opinião dos clientes quanto à qualidade dos serviços oferecidos (equipe do aeroporto, tempo de espera, acessibilidade e limpeza) e qualidade das lojas e restaurantes.

O Aeroporto Internacional de Brasília obteve nota 8,6 para pontualidade dos voos, 8,0 para qualidade do serviço e 7,9 para qualidade de alimentação e lojas, alcançando 8,32 como nota final. Já o Aeroporto Internacional de Belém recebeu nota 8,3 para pontualidade dos voos, 8,1 para qualidade do serviço e 8,3 para qualidade de alimentação e lojas, atingindo 8,26 como nota final.

“Neste ano o Brasil registrou menos destaques no ranking em relação aos levantamentos anteriores, com apenas dois aeroportos entre os 10 melhores do mundo. Os aeroportos de Brasília e Belém mantiveram-se nas primeiras posições com boas avaliações, especialmente em relação à pontualidade dos voos, garantindo bom desempenho nas chegadas e partidas e a satisfação dos passageiros que se deslocam pelos aeroportos brasileiros”, avalia Luciano Barreto, diretor-geral da AirHelp no Brasil.

Na relação dos 20 melhores aeroportos do mundo aparecem mais dois brasileiros: o Aeroporto Internacional de Recife/ Guararapes, na 14a colocação, e o Aeroporto Internacional Belo Horizonte/ Tancredo Neves, no 19º lugar. O ranking ainda traz os aeroportos Salgado Filho/ Porto Alegre (26º); Santos Dumont/ Rio de Janeiro (40º); Afonso Pena/ Curitiba (46°); Congonhas/ São Paulo (57º); Guarulhos/ São Paulo (59°); Viracopos/ Campinas (62º); Hercílio Luz/ Florianópolis (65°) e Galeão/ Rio de Janeiro (67°).