Aeroporto de Natal

A suiça Zurich Airport foi a vencedora do leilão de relicitação do aeroporto de São Gonçalo do Amarante (RN), na manhã desta sexta-feira (19). A empresa ofereceu uma outorga inicial de R$ 320 milhões, o que representa um ágio de 41% em relação ao valor mínimo previsto no edital.

O certame, que estava há um ano e meio no Tribunal de Contas da União (TCU), foi disputado também pela NK 230 Empreendimentos e Participações, da XP, cujo lance final em viva voz ficou bem próximo do ofertado pela Zurich.

Zurich Airport vai operar o terminal por 30 anos

Com a vitória, o grupo deverá operar o terminal por 30 anos e deverá fazer investimentos de ao menos R$ 288 milhões (em valores de 2021, quando os estudos foram feitos).

“Estamos honrados em receber um novo aeroporto, que se encaixa bem em nosso portfólio”, afirmou o presidente da Zurich na América Latina, Tobias Markert, logo após a vitória.

O ministro de Portos e Aeroportos, Marcio França, também comemorou o resultado. “Para nós, a questão ligada ao valor da outorga e ao ágio é menos importante. O que queremos é que seja bem feito, que a empresa possa operar com tranquilidade”, disse.

Em seu discurso, o presidente da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), Tiago Sousa Pereira, também destacou o papel da Inframérica, que está devolvendo sua conces são, por sua “colaboração em todos os passos do processo”.

Leia também: Aeroporto de Natal será relicitado nesta sexta-feira; Lance mínimo é de R$ 226,9 milhões