Foz do Iguaçu - Foto: Divulgação

O Brasil recebeu mais de 2,97 milhões de turistas internacionais nos cinco primeiros meses de 2023. O número representa um aumento de 108% em relação ao mesmo período do ano passado. O dado foi divulgado nesta sexta-feira (07) pelo Ministério do Turismo. Somente em maio, mais de 292,3 mil visitantes de outros países entraram nos destinos brasileiros, quantitativo 44,5% maior do que em maio do ano passado.

A ministra do Turismo, Daniela Carneiro, celebrou a alta e destacou que o número pode ser um reflexo do trabalho realizado pelo governo do presidente Lula. “Desde o início da nossa gestão, temos registrado recordes na entrada de visitantes internacionais em nosso país, fruto de diversas ações do nosso governo, como a reaproximação do Brasil com o mundo e a nova imagem do país perante a sustentabilidade e a preservação ambiental. Isso tem nos consolidado como um destino promissor, oferecendo uma experiência única e inesquecível aos visitantes de todas as partes do mundo”, disse.

 Boa parte desses turistas internacionais que entraram no Brasil, de janeiro a maio, vieram da Argentina (1.242.860). Em seguida, aparecem os Estados Unidos, com 271,1 mil visitantes; e o Paraguai, com 215,5 mil turistas. Completando os 5 primeiros do ranking, aparecem Chile (197.826) e o Uruguai (184.947). Os estados brasileiros por onde mais entraram os viajantes internacionais foram São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Paraná e Santa Catarina.

No mês de maio, os turistas estrangeiros deixaram no país US$ 567 milhões. O número já é o maior volume para o mês da série histórica registrada pelo banco desde 1998. No ano passado, o gasto desse público no mesmo período foi de US$ 373 milhões. No acumulado do ano, os visitantes internacionais já injetaram US$ 2.721 bilhões (cerca de R$ 13 bilhões) na economia brasileira, 35,9% a mais do que o ano passado.De janeiro a maio, número de turistas internacionais no Brasil cresce 108% e se aproxima dos 3 milhões