Miguel Pereira lidera a ocupação hoteleira no interior do Rio de Janeiro para a Semana Santa - Foto: Divulgação

Miguel Pereira voltou a liderar a ocupação hoteleira no estado do Rio de Janeiro. Segundo pesquisa divulgada pelo HotéisRio e pela ABIH-RJ, a cidade deve registrar 97,80% de ocupação hoteleira. A cidade é seguida por Vassouras (91,20%), Petrópolis (85,80%), Teresópolis (84,30%), Itatiaia/Penedo (84,10%), Nova Friburgo (83,40%), Rio das Ostras (77,60%), Macaé (76,30%), Valença/Conservatória (75,40%), Angra dos Reis (72,50%), Paraty (71,50%), Arraial do Cabo (68,50%), Cabo Frio (64,80%) e Armação dos Búzios (61,80%).

Na cidade do Rio, apesar do frio, a ocupação dos hotéis está bem aquecida. Ainda de acordo com a pesquisa, no período de 30 de maio a 2 de junho, referente ao feriado de Corpus Christi e ao evento Maratona do Rio, a taxa média de ocupação na capital ficou em 79,71% e no interior, em 78,21%.

Na cidade do Rio, a região de Flamengo/Botafogo registrou 89,66%, seguida por Copacabana/Leme (89,15%), Ipanema/Leblon (81,47%), Centro (76,29%) e Barra/Recreio (69,05%).

 O presidente do HotéisRIO e conselheiro da ABIH-RJ, Alfredo Lopes, ressalta que os bons números de Miguel Pereira se devem à inauguração de diversos atrativos turísticos. “Há um outro fator também, o município vizinho de Paty de Alferes realiza neste período a Festa do Tomate, maior festividade local, e os visitantes que não conseguem hospedagem lá buscam alternativas próximas.  Vassouras também se beneficia disso, mas tem um evento específico neste período – os jogos universitários do setor de comunicações. Por fim, podemos observar o início da alta temporada em Teresópolis, Petrópolis, Nova Friburgo e Itatiaia, por conta da chegada do frio, o que se traduz nos números”.