Foto: MTur

Símbolos da cultura amazonense, os Bois Bumbás Caprichoso e Garantido foram homenageados na manhã desta quarta-feira (08.05), em uma sessão solene na Câmara dos Deputados, em Brasília (DF). A homenagem é um reconhecimento à importância do Festival de Parintins para a cultura do estado do Amazonas, além do movimento que causa na economia e no turismo da região. Este ano, o Ministério do Turismo irá apoiar o evento.

Presente na sessão representando o ministro do Turismo, Celso Sabino, o secretário Nacional de Políticas de Turismo, Milton Zuanazzi, destacou a importância da cultura local na promoção turística do estado. “Os atrativos turísticos vivem de duas matérias-primas: ou a cultura ou a natureza, e felizmente o Amazonas e Parintins têm as duas em abundância”, disse.

Em 2023, o festival atraiu 110 mil turistas e gerou uma receita de R$ 146 milhões para o estado durante os três dias do evento folclórico. “Investir em turismo e investir em cultura é você investir nas comunidades, como as cerca de 140 mil pessoas que moram em Parintins”, afirmou o presidente do Boi Caprichoso, Rossy Amoedo.

Considerado patrimônio cultural do Brasil, o Festival de Parintins terá a sua 57ª edição no último fim de semana de junho. A festa, que desde 1988 é realizada no Bumbódromo da cidade que dá nome ao festival, celebra a rivalidade entre as cores azul e vermelho, símbolos dos dois bois, que ganham vida se enfrentando em uma competição espetacular.

O presidente do Boi Garantido, Fred Góes, falou sobre a emoção da sua cultura receber tal homenagem. “Quando a gente recebe homenagens como esta, nós sentimos esse orgulho que representa a Amazônia com um todo. Nós estamos projetando, não apenas o Festival de Parintins, mas, também, a cultura da Amazônia para o povo brasileiro”, afirmou.