Foto: Embratur

A Embratur publicou, nesta segunda-feira (26), o edital de inscrições de oito feiras internacionais em que a agência montará estande no segundo semestre deste ano. Poderão participar organizações dos setores público e privado, conforme as categorias descritas no edital. A estratégia da Embratur de antecipar e unificar o chamamento para as feiras do segundo semestre de 2023 tem a finalidade de aprimorar o planejamento e a participação do Brasil nos eventos dos mercados emissores de turistas.

O edital estabelece critérios técnicos para classificação de coexpositores para participação nas feiras internacionais, e pontua as iniciativas públicas e privadas a partir de seu conjunto de estratégias, ações e ferramentas para engajamento com atores internacionais. Entre eles, estão a existência de materiais promocionais nos idiomas inglês e espanhol, iniciativas digitais e certificações internacionais que reforçam a competitividade do destino ou dos serviços presentes no estande do Brasil.

Eventos

 Estão abertas as inscrições para as feiras multiprodutos FIT América Latina, que será realizada em Buenos Aires (Argentina) entre os dias 30/09 a 03/10; a IFTM Top Resa, em Paris (França), entre 03/10 e 05/10; a TTG Travel Experience, em Rimini (Itália), entre 11/10 e 13/10; a FITPAR, em Assunção (Paraguai), entre 13/10 e 15/10; a NYITS, em Nova York (EUA), entre 26/10 a 28/10; e a WTM, em Londres, entre 06/11 e 08/11. A Embratur também participará de duas feiras do segmento MICE, a IMEX América, em Las Vegas (EUA), entre 26/10 a 28/10, e a IBTM World, em Barcelona (Espanha), entre 28/11 e 30/11.

Objetivos

Em consonância com a estratégia de reposicionamento do Brasil no exterior, serão reconhecidos os coexpositores que apresentarem ao menos uma certificação, premiação, reconhecimento oficial ou assinatura de acordo ou declaração internacional com compromissos de sustentabilidade. Pontuarão também aqueles que adotam medidas de ações climáticas, como compensação de carbono, quem possuir programa próprio de ESG, ou de sustentabilidade vinculado à Agenda 2030 da ONU.

“As feiras internacionais de turismo são parte da estratégia de promoção internacional do Brasil, é necessária a complementação de critérios que possam qualificar e promover os destinos e produtos turísticos brasileiros. É também um chamamento, uma forma de induzir e reconhecer boas práticas de sustentabilidade para dentro do país, aumentando nossa competitividade no cenário internacional”, destacou Marcelo Freixo, presidente da Embratur.

Prazos de inscrição

Os interessados devem preencher a ficha de inscrição correspondente ao evento que deseja participar, disponível neste link. O prazo de recebimento de inscrições vai até o dia 7 de julho. A participação do coexpositor confirmado nos estandes do Brasil será isenta de pagamento, mediante outras responsabilidades assumidas.