Plenário do Senado Federal durante sessão especial para comemorar os 20 anos do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat). - Foto: Agência Senado O Sindepat é uma associação sem fins lucrativos que reúne parques e atrações do turismo nacional. Em posição de respeito, parlamentares e convidados acompanham execução do Hino Nacional. Mesa: presidente executiva do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), Carolina Negri; fundador do Grupo Playcenter e primeiro presidente do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), Marcelo Gutglas; secretário Nacional de Planejamento, Sustentabilidade e Competitividade do Ministério do Turismo, Milton Zuanazzi; presidente e requerente desta sessão, senador Eduardo Girão (Novo-CE); secretário desta sessão; presidente do Conselho do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), Murilo Pascoal; presidente de honra do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat), Alain Baldacci; eterno Relações Governamentais do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat) e CEO do Parque Nacional do Iguaçú, Munir Calaça. Foto: Waldemir Barreto/Agência Senado

O Senado promoveu, na última sexta-feira (25), uma sessão especial para comemorar os 20 anos de fundação do Sistema Integrado de Parques e Atrações Turísticas (Sindepat). A sessão foi dirigida pelo senador Eduardo Girão (Novo-CE), autor do requerimento para a homenagem (RQS 814/2022). Girão explicou que o Sindepat é uma entidade sem fins lucrativos, fundada em março de 2003, que tem como principal missão atuar na defesa, na proteção e na promoção dos interesses do setor de parques e atrações, buscando estabelecer bases sólidas para um contínuo e saudável crescimento dos negócios no país.

“O Sindepat tem um trabalho criativo e competente, que tem levado a imagem do Brasil para fora e colaborado com o setor de turismo brasileiro”, afirmou o senador.

Girão disse que seus filhos cresceram frequentando os parques do Brasil. Conforme o parlamentar, os parques colaboram com uma atmosfera positiva e o turismo faz parte de um futuro promissor para o país. Girão apontou que o Sindepat tem o mérito de apresentar ao país o potencial de negócios de parques e outras atrações turísticas. Ele registrou que, segundo Ministério do Turismo, o setor de parques é responsável pelo emprego de 130 mil trabalhadores de forma direta e indireta e recebe mais de 89 milhões de visitantes anuais.

“O turismo é um vetor importante para descentralizar a produção econômica. Vivemos um excelente momento no turismo doméstico”, declarou Girão, destacando a importância do Beach Park para o estado do Ceará.

Alegria

O presidente do Sindepat, Murilo Pascoal, disse que um dos objetivos iniciais do sistema era conscientizar os poderes públicos da importância de parques e atrações turísticas. Segundo Pascoal, a homenagem do Senado mostra que esse objetivo foi alcançado. Ele pontuou que os parques normalmente são relacionados a alegria e diversão. Mas para que um parque funcione, ponderou Pascoal, existe um conjunto muito grande de trabalho coletivo por trás.  O presidente apresentou programas do sistema com foco em crianças e pessoas com deficiência e disse que o Sindepat defende condições que permitam o desenvolvimento econômico saudável do turismo.

“Nosso setor é resiliente e tem a inovação em seu DNA. Somos sinônimos de alegria e diversão, mas também de emprego, renda e desenvolvimento econômico sustentável”,  registrou Pascoal, que também é executivo do Beach Park.

Presidente de honra do Sindepat, Alain Baldacci agradeceu a homenagem do Senado e destacou o apoio do Ministério do Turismo e do Poder Legislativo para o setor. Ele contou que a Sindepat começou com 10 membros e hoje conta com 71. O empresário Marcelo Gutglas, um dos fundadores da Sindepat e do Grupo Playcenter, disse que o Sindepat tem desempenhado um papel fundamental no desenvolvimento de parques e atrações turísticas. Ele também reconheceu a importância do apoio dos governos e dos incentivos fiscais.

“Mais que uma atividade econômica, o turismo é uma oportunidade de mostrar ao mundo a riqueza da nossa natureza e do nosso povo. Que possamos seguir juntos construindo um Brasil próspero e cheio de alegria para todos”, afirmou Gutglas.

A presidente executiva do Sindepat, Carolina Negri, pediu a simplificação de tributos para o setor dentro da reforma tributária. Ela destacou a importância do incentivo ao turismo e apontou que o setor traz muito retorno para o país. O presidente do Parque Urbia Cataratas, Munir José Calaça, o diretor Administrativo do Beto Carrero World, Edilson Doubrawa, representantes de entidades ligadas ao turismo e outros executivos de parques temáticos também participaram da sessão especial.

Fonte: Agência Senado

LEIA TAMBÉM: Adibra Networking Day terá visitas técnicas a empreendimentos de Santa Catarina