Foto: Divulgação

A CVC Corp comemorou nesta terça-feira (27), na sede da B3 em São Paulo, os 10 anos da abertura de seu capital na bolsa de valores, sendo a única operadora listada do Brasil. A cerimônia de toque de campainha celebrou, ainda, a conclusão da nova oferta pública em ações da companhia no mercado financeiro, totalizando R$ 550 milhões.

O processo de follow on, também conhecido como oferta subsequente de ações, representa uma nova negociação dos papéis por parte da empresa, no momento em que a CVC completa uma década desde a sua abertura de capital (2013).

Com isso, uma nova etapa de crescimento se inicia na companhia, resgatando a sua essência histórica: democratizar o sonho de viagens da população, com produtos acessíveis, completa assistência ao viajante, forte distribuição de produtos via lojas franqueadas e agências de viagens parceiras em todo o Brasil, com gestão austera de seu caixa operacional e de despesas.

 A operação foi estruturada sob a coordenação dos bancos Citi e Itaú BBA (“Coordenadores”). Os recursos levantados serão encaminhados, basicamente, para fortalecer o capital de giro e operações da companhia em momento de plena retomada do turismo no Brasil e forte demanda por conta das férias de julho.

Em relação ao acordo de investimento realizado entre a CVC Corp e a GJP Fundo de Investimento em Ações, fundo de investimento de Gustavo Paulus, que previa subscrição de R$75 milhões em ações, houve um aumento de participação na oferta, totalizando uma subscrição de R$100 milhões.

Após a conclusão do aumento de capital, as ações e os bônus de subscrição passaram a ser negociados na B3. A etapa foi concluída com sucesso após a realização de roadshow junto a investidores profissionais, liderado, em conjunto com os Coordenadores, por Fabio Godinho, que assumiu como CEO no último dia 3 de junho, e Carlos Wollenweber, que chegou à companhia como CFO da CVC no último 25 de maio.

A cerimônia comemorativa foi realizada na sede da B3, no centro de São Paulo (SP), e contou com a presença de Gilson Finkelsztain, CEO da B3; Fabio Godinho, CEO da CVC Corp, Carlos Wollenweber, diretor executivo de Finanças e RI da CVC Corp, além de representantes do conselho de administração, liderança executiva da companhia, diretores, fornecedores e parceiros da operadora.

Para Fabio Godinho, “o momento traz um novo impulso aos negócios do grupo CVC Corp, em viagens de lazer e de negócios, com o compromisso com o mercado de vender, vender mais e vender muito mais, para continuar gerando oportunidades de negócios para toda a cadeia produtiva do turismo, com completo portfólio de produtos do mercado e sempre buscando as melhores opções aos consumidores e agentes de viagens, com a credibilidade e a confiança que a companhia tem.”