Foto: Divulgação

O governo inaugurará na 2ª feira (19.jun.2023) salas multissensoriais nos aeroportos de Congonhas, em São Paulo, e Santos Dumont, no Rio de Janeiro. A abertura dos espaços será 1 dia depois da comemoração do Dia Mundial do Orgulho Autista. Segundo o Ministério de Portos e Aeroportos, os equipamentos seguem as metas globais da ONU (Organização das Nações Unidas) de desenvolvimento social.

“As salas foram projetadas para ampliar a inclusão e melhorar a experiência de pessoas neurodivergentes que utilizam os aeroportos. Os espaços contam com iluminação especial, painéis de atividades, colunas de bolhas, forro com revestimento acústico e mobiliário planejado para aumentar o conforto desses usuários”, explica o ministério em comunicado.

Publicidade

O ministro de Portos e Aeroportos, Márcio França, afirma que a iniciativa assegurará mais acessibilidade ao setor de aviação. “Queremos que todos os passageiros, sem exceção, possam se sentir bem atendidos e seguros”, declara.

No aeroporto de Congonhas, a sala ganhou piscina de bolas iluminadas, máquina de bolhas de sabão e projetor de efeitos e vídeo. O ambiente fica localizado na sala de embarque, próximo ao portão 4.

No Santos Dumont, há aromaterapia, globo de luzes e equipamento de som com acionamento por bluetooth, permitindo que os passageiros escolham a música ambiente. A sala fica no terminal de embarque, logo após o Raio-X. De acordo com a Infraero (Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária), quem tiver interesse em ter acesso às salas multissensoriais deve procurar os balcões das empresas aéreas.

Com informações do Poder 360