Divulgação

Os pneus são o único ponto de contato com o solo, por isso sua integridade é vital para o bem-estar em todas as viagens. No caso de um imprevisto na estrada, saber trocar um pneu corretamente pode fazer a diferença entre um pequeno contratempo e uma situação mais complicada. 

Por conta disso, a Bridgestone fornece dicas de como realizar esse procedimento com segurança. “Antes de iniciar a troca, prepare os materiais necessários: o estepe, um apoio que impossibilite a movimentação do veículo e coloque-o em um dos pneus (pode ser um pedaço de madeira, uma pedra), uma chave de roda e um macaco para levantar o veículo”, explica Roberto Ayala, Gerente de Engenharia de Vendas da Bridgestone do Brasil.
​ ‎ ‍ 
“Tenha em mente que se você vai trocar o pneu dianteiro, você deve colocar o apoio na traseira e se você vai trocar o pneu traseiro, você deve colocá-lo na frente. Lembre-se sempre de verificar se o freio de estacionamento está acionado”, complementa o especialista.
​ ‎ ‍ 
A Bridgestone fornece o seguinte guia de oito passos para trocar um pneu furado sem maiores problemas:
​ ‎ ‍ 
Encontre um local seguro para estacionar, o ideal é que seja uma superfície plana para que o veículo não escorregue, com o freio de estacionamento devidamente ajustado e o carro engatado.

  • Encontre um local seguro para estacionar, o ideal é que seja uma superfície plana para que o veículo não escorregue, com o freio de estacionamento devidamente ajustado e o carro engatado.
    Coloque os triângulos e sinalização necessários a cerca de 15 metros do veículo para proteger a área onde será feita a troca.
  • Afrouxe os parafusos com a chave de roda e vire-os no sentido anti-horário. Eles não devem ser removidos, apenas soltos.
  • Levante o veículo com o macaco, que é colocado em guias que podem ser encontradas sob o chassi.
  • Retire os parafusos das rodas e guarde-os em local seguro.
  • Retire o pneu da posição.
  • Insira o estepe e, em seguida, os parafusos. Estes devem ser colocados e apertados em forma de X para evitar que o pneu se mova.
  • Finalmente, o carro é abaixado de volta ao chão e os parafusos são pressionados com a chave de roda.
    ​ ‎ ‍ 

    “Trocar um pneu por conta própria é uma tarefa bastante simples se você souber os passos e tiver as ferramentas certas para a ocasião. Além de conhecer esse processo, o motorista deve ter em mente que os pneus têm um limite de vida útil, ou seja, devem ser verificados periodicamente para garantir que estão em boas condições e, assim, minimizar possíveis incidentes na estrada”, acrescenta Ayala.

Pensando no conforto e bem-estar do motorista, a Bridgestone conta com uma ampla rede de revendedores oficiais espalhada por todo o país, pronta para atender as mais diversificadas demandas de seus clientes e realizar todas as manutenções preventivas e necessárias para evitar problemas durante as viagens.
 

Para mais informações, acesse www.bridgestone.com.br