Miami - Foto: Divulgação

Em meio à recuperação gradual do turismo internacional, os mercados de visitantes tradicionais estão mostrando sinais promissores de ressurgimento. Apesar das restrições de viagem em curso, dos tempos de espera de visto prolongados e dos desafios econômicos, os viajantes internacionais estão gradualmente retomando suas viagens em todo o mundo. Isso se comprova através da recente apresentação do Estado do Turismo e da Indústria de Viagens realizada pelo The Greater Miami Convention & Visitors Bureau (GMCVB).

Segundo o relatório, Miami experimentou mais um ano de crescimento de viagens sem precedentes, refletindo o fascínio da região como um dos principais destinos turísticos, especialmente para os brasileiros. Eles garantiram a segunda posição entre os principais mercados internacionais de pernoite, demonstrando sua determinação em superar barreiras e explorar novos destinos. O primeiro lugar foi ocupado pelos Colombianos.

Colombia lidera os pernoites em Miami

Ainda de acordo com o documento, embora o turismo doméstico tenha alimentado o setor no ano passado, agora há um ressurgimento notável dos mercados internacionais, com os canadenses liderando o caminho e retornando em números comparáveis aos níveis pré-pandemia. Além disso, o regresso do Reino Unido e da Espanha, ausentes em 2021, tem sido notável, com ambos os países a ocuparem o quinto e o sexto lugares, respetivamente, na lista dos principais mercados internacionais overnight.

Cumulativamente, os visitantes internacionais comprometeram 25% do mercado de pernoites, com 4,7 milhões de visitantes, contribuindo para 29% dos gastos turísticos. Em particular, a América Latina manteve seu status como um importante mercado de origem. A Colômbia foi o principal mercado internacional de pernoites pelo segundo ano consecutivo, contabilizando 432.000 visitantes.