Foto da Campanha - Foto: Divulgação

A Aeroportos do Brasil lançou uma campanha de prevenção contra balões e pipas. Com o tempo mais seco, a proximidade das festas juninas e das férias de julhotornam-se ameaças ainda maiores para a aviação, sobretudo nas regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste.

Com o nome de Balão Não, a campanha vem sendo fortemente divulgada nas redes sociais da ABR e contou com uma página específica sobre o tema, onde os internautas podem saber mais sobre os perigos dessa prática criminosa, principalmente próximo a aeroportos e até descobrir como denunciá-la.

Estima-se que, a cada ano, cerca de 100 mil balões sejam soltos no país, representando um grande perigo para aviões e helicópteros. Mesmo a velocidades reduzidas no pouso e na decolagem, um choque com um balão pode ser extremamente perigoso e provocar até mesmo a queda de aeronaves.

As pipas também oferecem perigo, pois podem ser sugadas por turbinas e causar perda de potência nos motores, o que é especialmente crítico nos momentos de pouso e decolagem.